segunda-feira, 17 de julho de 2017

Descanse na presença do Senhor

"Deitar-me faz em verdes pastos, guia-me mansamente a águas tranquilas" (Salmo 23:2).

Você já parou pensar o quanto deves descansar no Senhor? Ainda não? É necessário ter isso em mente para que a paz Dele inunde em seu coração. "Em verdes pastos" e em "águas tranquilas" significa o lugar que Deus preparou para você repousar, sossegar. Esse lugar se encontra Nele mesmo. Pois "aquele que habita no esconderijo do Altíssimo, à sombra do Onipotente descansará" (Salmo 91:1).

Na presença do Senhor descobrirás a verdadeira felicidade e a força que te renova na caminhada. Como diz o Salmo 16:11: "Far-me-ás ver a vereda da vida; na tua presença há fartura de alegrias; à tua mão direita há delícias perpetuamente."

Por isso coloque suas preocupações no altar de Deus e tranquilize sobre o seu futuro, já que Ele sabe de tudo. "Lançando sobre ele toda a vossa ansiedade, porque ele tem cuidado de vós" (1 Pedro 5:7). "Ele tem cuidado de vós", disse Pedro. Então, deixe o medo de lado. Aquiete o seu coração agora. Descanse no Altíssimo , descanse em suas promessas infalíveis!

segunda-feira, 26 de junho de 2017

Mover das orações

"Nós, pois, jejuamos, e pedimos isto ao nosso Deus, e moveu-se pelas nossas orações" (Esdras 8:23).

Deus se move através da oração, declarou Esdras. Ao acreditarmos nisso, continuaremos a clamar mesmo diante do impossível na lógica humana. Quem age segundo a sua própria visão, manterá firme até um certo ponto. Mas quem age pela fé, não existe limite para que o milagre possa acontecer.

É bem verdade que tudo depende da vontade de Deus. No entanto, se o Altíssimo está dando o sinal de aprovação, acredite e não dê espaço para as dúvidas. Lembre-se do que Jesus falou a Marta: "Não te hei dito que, se creres, verás a glória de Deus?" (João 11:40).

Na oração se encontra os melhores remédios para alma e as melhores armas para as batalhas. Quem usa-la, saberá o seu estimado valor e seu grande efeito. Nela, você ganha mais intimidade com o Criador e a certeza de vencer. Experimente através do clamor ao Senhor, e se surpreenda com o resultado! Mas saiba também, que a parábola que Jesus ensinou "sobre o dever de orar sempre, e nunca desfalecer" (Lucas 18:1), tem importância e ligação com a fé, que te manterá de pé!

Na oração não se sinta sozinho. Se sinta com Deus!

quarta-feira, 14 de junho de 2017

Escolhido para trabalhar

"Eu sou a voz do que clama no deserto: Endireitai o caminho do Senhor, como disse o profeta Isaías" (João 1:23).

João Batista era o Elias prometido por Deus, o precursor de Jesus Cristo. João ficou marcado e tido como o Elias, pelo fato de vir no mesmo espírito e virtude (Lucas 1:17). E estando no deserto, a palavra divina era dada para pregar as pessoas (Lucas 3:2). Dessa forma, era "a voz do que clama no deserto". O que demonstra, ainda que no deserto, o Senhor pode e quer nos usar; basta dar lugar para Ele operar.

O interessante é que João sabia que tinha um trabalho a fazer, provindo da vontade de Deus e não do homem. Então, estava permanentemente a proclamar com ousadia as mensagens sobre a vinda do Messias na terra, e o batismo de arrependimento.

Podemos ser instrumentos do Altíssimo também, através dos dons celestiais. E talvez você tenha alguma vocação que esteja enterrado a anos, precisando ser utilizado novamente na seara do Salvador. Leva em consideração na sua vida, ás palavras de Paulo a Timóteo, e se reanime outra vez: "Por cujo motivo te lembro que despertes o dom de Deus que existe em ti" (2 Timóteo 1:6).

As nossas mãos estejam em ação, pondo em prática os dons agora, e ganhando muitas almas ao Senhor. Que você seja uma voz onde for colocado pelo o Eterno. E feliz será, se para Deus trabalhar sem recuar, já que a isso foste escolhido.